Buscar
  • escritorafrancinec

Uma história de amor incondicional



Hoje quero contar para vocês uma história de amor incondicional. Amor de laços de família, amor de avô e neta.

Fui criada pelo meu avô desde que nasci e ele sempre foi muito amoroso e participativo na minha educação. Uma das coisas que ele fazia e que eu mais gostava era contar histórias. E ele era um ótimo contador de histórias! Contava sempre as mesmas histórias de assombração, de saci Pererê e mula sem cabeça, de tesouros enterrados e bichos que falavam. Tudo sempre terminava em festas em palácios e meu avô sempre era convidado.

Esse encanto pelas histórias cresceu comigo e hoje sou também uma contadora.

Em 2011, quando meu avô completou 80 anos, quis dar a ele um presente significativo e que retribuísse todo amor e dedicação que ele tinha comigo. Pedi que ele me contasse ou escrevesse as histórias que contava e que, até então, só existiam na sua oralidade. Depois, com ajuda do Everton, transcrevi as falas e organizei um livro: Historinhas do vô Nilson, que depois virou Historinhas do vovô. Foram duas edições pequenas, apenas para amigos e familiares, mas a emoção foi grande e eterna.



Ontem tive a oportunidade de falar outra vez desse livro que já me trouxe tantas alegrias no Projeto de Contação de História para Adultos do Londrix, a convite da Edra Moraes e foi muito gratificante perpetuar a memória do meu avô por meio de suas histórias.


Se você não pode ver ao vivo, assista a gravação (link: https://www.youtube.com/watch?v=Wdn1cT5SuOw), foi lindo demais e tem outras histórias maravilhosas também na leitura da Edra e Chris Vianna.


Prestigiem! Curtam! Comentem! Compartilhem! Viva a literatura!


Com amor, Francine.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo